Loja virtual X marketplace por onde começar em 2022

Está em dúvida entre loja virtual e marketplace ou vice versa e não sabe por onde começar a vender realmente no mundo online? Vou te explicar um pouco de cada para te ajudar a escolher o seu próprio caminho. Vamos chamar de e-commerce o todo de vendas online, seja a loja virtual ou o marketplace, loja do instagram, vender no whatsapp. Tudo isso é e-commerce.  Temos dentro da Universidade o braço do e-commerce próprio focado em em quem quer ter sua loja virtual.

Se você está começando agora no online, tudo irá depender do seu objetivo. Tem gente que só quer branding e está tranquilo para não ter resultados rápidos, vá para loja virtual e coloca no marketplace só para dizer que está lá e levar as pessoas para seu site. Isso é um tipo de posicionamento. No entanto, se busca faturamento com realmente resultados, existe um outro caminho.

Vamos começar falando de tráfego, pessoas entrando no seu site. No começo, o investimento é menor em gerar cliques para entrarem no site. Por isso recomendamos marketplace. A plataforma já  tem nome, compradores, acessos diários, política de frete e muito mais. Tudo pronto para uso. Não quer dizer que você não possa ter sua loja. Mas, saiba que o resultados serão mais a longo prazo. Por que causa da construção de audiência e visibilidade. Você inicialmente ira gastar mais do que ter retorno.

Os meios de pagamento são outro ponto a se pensar. Se você não consegue ofertar na sua loja 12x sem juros, entenda o que é um mundo ideal para sue cliente. Por que os marketplaces oferecem muitas formas de pagamentos atrativas. Quando falamos sobre frete. É um desafio do e-commerce. O primeiro é que o Brasil é gigante e o segundo é tributário. Quando falo de logística, temos Mercado Livre entregando em 4 mil cidades no dia seguinte. Temos Magazine Luiza usando suas lojas para retiradas no país. Temos empresas usando fulfillment como a Amazon. Se olhar para a logística, talvez não consiga entregar no seu site uma competitividade tão grande.

Sobre o pós-venda, toda essa tratativa não tem muita diferença olhando para os dois lados. Embora temos os marketplaces fazendo bastante essa parte, mas nem sempre é uma solução efetiva. E muitas vezes tem soluções melhor para sua loja virtual.

Olhando de forma geral, tem pontos de aceleração que são melhores quando você sua o marketplace e alguns outros pontos de personalização, entregas e coisas muitos diretas o seu e-commerce ganha. Qual que é o trajeto interessante que acho para você seguir? O marketplace tem o poder de trazer faturamento. Temos mais volume e produtos que dão margem no marketplace por que na sua loja virtual própria você paga tráfego, transações. Ás vezes sai mais caro que os marketplaces. Quando você acelerar o seu negócio, quero colocar 4 pontos importantes: Colocar alguém dedicado ao marketing, Quando atingimos acima de 100mil no marketplace você já consegue fazer isso, Quando você tem uma média de 4mil por mês para colocar no sue e-commerce e você pode começar com menos mas estamos falando do que já fizemos aqui e fez sentido. Quando fizer sentido para ter uma estratégia, ai vai para o e-commerce. Porém, volto a dizer, tudo depende da sua estratégia no momento. Até mais, pessoal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As inscrições para última turma do ano do Alta Performance estão abertas!

Inscrições abertas por tempo limitado!