Saiba como vender no Mercado Livre

Você já se pegou pesquisando sobre vendas online no Mercado Livre? Talvez por curiosidade ou vontade de começar mesmo. Então, chegou ao lugar certo! Neste post, o objetivo é te dar dicas de como usar o Mercado Livre para vender e quem sabe até iniciar um negócio sólido, duradouro e lucrativo. Já vimos isso acontecer milhares de vezes aqui com os nossos alunos. 

⌛Descubra como alcançar o melhor ano de Vendas da Sua Loja no Mercado Livre:

https://bit.ly/blg_grande_virada_meli

O mercado livre é um marketplace e por mais que você entre lá e veja muitos produtos, é normal tenha uma noção um pouco diferente de como as coisas realmente funcionam lá. O Mercado Livre é um intermediador de venda como um shopping. Quem vende ali dentro são empresas e vendedores pessoas física. Quando você decide vender no Mercado Livre, está pegando o seu nome e marca para posicionar dentro da plataforma e vender para alguém. Sempre que alguém compra algo no Mercado Livre  está comprando de alguém e não do Mercado Livre em si.

Passo 1: Faça seu cadastro

Para começar, faça um cadastro e preencha todos os dados. O Mercado Livre é uma das principais portas de entrada para o mundo das vendas online. Você já pensou em vender pela Internet com loja virtual ou mídias digitais? Provavelmente, se deparou com alguns desafios como ter audiência, gerar conteúdo, engajar a audiência, movimentar as pessoas em prol da tua marca. No Mercado Livre, esse trabalho de ter audiência já é feito pela plataforma. Você como um vendedor acaba se beneficiando disso. Não interessa o produto que deseja vender, a maioria tem muita demanda. Quando você decide vender no Mercado Livre já existem milhares de pessoa procurando por esse produto ali dentro. Por fim, o grande desafio passa a ser conquistar um bom posicionamento nas buscas. Dessa forma, você consegue fazer as pessoas acharem o seu anúncio e cadastro e não os outros outros concorrentes.

Passo 2: Defina um nicho de mercado

Qualquer um pode começar a vender no Mercado Livre e todos começam debaixo aproveitando uma demanda reprimida que existe de algum produto ou uma demanda expressiva em um nicho de mercado ou outro. Defina um nicho para começar e entender quais são as tendências do Mercado Livre.

Passo 3: Faça os anúncios com qualidade

Depois do cadastro e decidir o que vai vender, tenha um cadastro muito bem detalhada e bem feita do produto. Tenha fotos de alta qualidade. Não somente uma foto, mas sim várias. Se você conseguir ter um vídeo do produto para colocar no anúncio, melhor ainda. Veja também um preço competitivo. Isso é fundamental por conta da concorrência. Então, falando de preço o Mercado Livre vai entregar uma série de benefícios para você e para seu cliente.

Passo 4: Escolha o tipo de anúncio

O Mercado Livre oferece para o cliente parcelamento de 12x com juros e 12x sem juros. O que é um grande atrativo hoje em dia. Como você faz isso? Na hora que for fazer o anúncio conforme o site, você terá duas opções para escolher. O anúncio clássico e premium. No clássico, você tem menos visibilidade e em compensação o cliente não tem acesso ao parcelamento em 12x sem juros. Por outro lado, o benefício do premium é mais visibilidade, relevância nas buscas e parcelamento em 12x sem juros, ao contrário, do clássico. Então, imagina qualquer produto que você queira vender, se coloca no lugar do cliente. Você está pesquisando e vê vários produtos. Encontra dois vendedores com o preço parecido e um tem parcelamento em 12x sem juros e outro com juros. Qual te chamaria mais atenção? Pensa bem sobre isso!

Outro grande benefício é em relação a esse valor da venda que está fazendo. Quando você tem uma loja física, e decidiu vender um produto em 12x sem juros, receberá o dinheiro parcelado, ou seja, em quantas parcelas o cliente pagar, você receberá mensalmente. Uma vantagem do Mercado Livre, é que independente de quantas parcelas que o cliente pagar, o vendedor receberá á vista em alguns dias. Fica disponível na conta digital do Mercado Pago. Podendo ser transferido para outra conta no mesmo nome da empresa ou da pessoa física se assim estiver o cadastro na plataforma. Sobre o Mercado Pago, você pode ter uma cartão de crédito, para usar seu saldo. Se  demorar para sacar o dinheiro, ele fica redendo 100% do CDI.

Passo 5: Envio do produto

Chegou a hora de enviar o produto para o cliente. Outra grande vantagem é o Mercado Envios. Automaticamente seu produto vai estar disponível para o cliente na modalidade Mercado Envios. É um sistema logístico criado pelo Mercado Livre em parceria com várias transportadoras pelo Brasil, onde o produto é direcionado para a transportadora mais próxima. Isso vale para frete grátis ou frete por conta do cliente. O Meli disponibiliza um autorização de postagem e você vai embalar o produto, colocar a etiqueta de autorização, despachar na transportada recomendada ou no serviço de coleta na sua casa, ou postar na agência de correios. Tudo vai depender da venda. O Mercado Livre te avisa.

Passo 6: Acompanhar encomenda

Feito isso, a encomenda vai para o cliente e ele recebe um código de rastreio para acompanhar todo o processo. O pagamento vai cair até dois depois que o cliente recebeu a mercadoria. Fica disponível para saque em até um dia útil.

Passo 7: Receber comissão de vendedor

Deu para ver que simples vender no Mercado Livre? Então, você pode estar se perguntando quanto custa isso, quanto teria que investir. Outra vantagem é que não tem mensalidade, então, qualquer pessoa pode começar sem investir nada. O modelo do Mercado Livre funciona com sistema de comissão das vendas que você faz.

Lembra das modalidades de anúncio? O clássico tem um percentual e o premium outro percentual maior. Quando você faz uma venda no clássico o Mercado Livre cobra em torno de 11%, o que varia de acordo com o segmento. Na modalidade premium varia entre 15% a 19%, sendo que maioria das categoria fica em 16%. O Mercado Livre desconta o valor do dinheiro que ele tem para te pagar das vendas que você fizer.

Poder ainda ficar a dúvida, será que não está muito alto será q vale a pena? Se colocar na ponta do lápis, vai ver que vale sim. Por exemplo, na sua loja física, teria que pagar a taxa da maquininha, precisaria fazer marketing na loja, contratar pessoas para atender os clientes e por ai vai. Uma loja virtual própria também tem custos semelhantes como marketing, publicidade, conteúdos, etc. No entanto, tudo isso o Mercado Livre já te entrega. No percentual está incluso todos os custos.

Essas foram as nossas dicas de como vender no Mercado Livre!

O Mercado Livre é um excelente canal para quem está começando no e-commerce e deseja conhecer o meio, pegar o gosto e conseguir renda extra. Já vimos isso acontecer inúmeras vezes. Coloque aqui nos comentários suas dúvidas sobre o Mercado Livre. Qual a principal dúvida que vem na sua mente quando falamos de vender no Mercado livre? Conta pra gente! Vamos conversar! Até breve, pessoal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As inscrições para última turma do ano do Alta Performance estão abertas!

Inscrições abertas por tempo limitado!

Tenha o passo a passo completo para alavancar as vendas da sua loja na Amazon Marketplace

EVENTO 100% ONLINE e AO VIVO